Medicina Integrativa

Saiba mais sobre a campanha Maio Vermelho – um alerta sobre as hepatites.

Postado em:
17/5/2021

O mês de maio foi escolhido para alertar e conscientizar as pessoas sobre a gravidade das hepatites no organismo.

Segundo o Ministério da Saúde, atualmente, mais de 500 mil pessoas que convivem com o vírus C da hepatite, ainda não têm conhecimento da doença. Outro dado agravante é que o número de notificações sobre esta doença caiu, em média, 7%, o que é preocupante, quando sabe-se que a hepatite age de forma silenciosa.

O que são hepatites

Basicamente, as hepatites causam inflamação no fígado. A pessoa acometida pela doença passa a sentir fadiga, dores musculares e articulares, náuseas, febre, diarreia, urina escura e fezes, olhos e pele amarelados.

Existem 5 tipos de hepatites: A, B, C, D e E, dentre elas, o tipo C é o mais grave e letal.  Elas são causadas por doenças autoimunes, metabólicas, genéticas, por vírus, uso de remédios, álcool e contato com objetos contaminados.

Como a hepatite é transmitida

Hepatite A: transmitida pelo consumo de água ou alimentos contaminados por fezes infectadas, principalmente quando há problemas com o saneamento básico e higiene pessoal. Ela é considerada uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), podendo ocorrer durante a gestação ou o parto, por compartilhamento de seringas, agulhas, materiais de higiene pessoal e por transfusão de sangue contaminado.

Hepatite B: transmitida pelo sangue e outros fluidos e secreções corporais contaminados. A transmissão pode também ocorrer em situações rotineiras no dia a dia, como, por exemplo, no compartilhamento de alicates de unha.

Hepatite C: transmitida principalmente por via sanguínea ou no compartilhamento de seringas e agulhas. A transmissão por via sexual é pouco frequente e o vírus não se propaga no convívio social ou na partilha de objetos. Embora possa ser detectado na saliva, é pouco provável a transmissão através do beijo. Este tipo de hepatite é o mais grave.

Hepatite D: está diretamente ligada ao vírus da hepatite B e as formas de transmissão são idênticas em ambas.

Hepatite E: a transmissão acontece via fecal-oral, principalmente pelo contato ou consumo de água ou alimentos contaminados por urina ou fezes de pessoas doentes, podendo ser transmitido também por meio do contato direto com pessoas infectadas, o que é mais raro.

Como prevenir-se das hepatites

Embora exista variação entre as formas de transmissão e da gravidade dos vírus, os cuidados para evitar contaminação são os mesmos para todas as hepatites, veja a seguir:

• Lavar as mãos após ir ao banheiro e antes de comer;

• Lavar bem os alimentos antes do consumo;

• Cozinhar bem os alimentos antes do consumo e evitar comer frutos do mar que estejam mal cozidos ou crus;

• Ter cuidado no manuseio de instrumentos cortantes;

• Adotar instrumentos pessoais de beleza, tais como pinça, tesoura de unhas, etc;

• Usar individualmente seus próprios objetos de higiene;

• Usar preservativo nas relações sexuais;

• Utilizar agulhas e seringas descartáveis;

• Ingerir água limpa.

Como se chega ao diagnóstico da doença

Geralmente, as hepatites são descobertas em exames médicos de rotina, pois, como dissemos inicialmente, os sintomas demoram a aparecer e quando aparecem o paciente já está em um estágio avançado da doença.

Sintomas como: tontura, náuseas, olhos amarelados, perda de apetite, vômitos, febre, urina escura e fezes claras, precisam ser investigados assim que surgirem, em qualquer circunstância.

Hepatite tem cura

Apesar de se tornarem doenças de tratamento mais longo, se diagnosticadas no início, as hepatites têm cura sim. O tratamento adequado e o acompanhamento de um especialista são fundamentais para devolver a saúde plena para os doentes.

Neste quesito, a QuantumLife pode auxiliar, pois, através de um estudo de cada caso específico, desenvolvemos tratamentos que auxiliam o processo de recuperação dos pacientes.

Quer saber mais? Clique aqui e agende uma consulta inicial.

E se você é da região de São Paulo, conheça a QuantumHome! Oferecemos tratamentos de ozonioterapia no local que você preferir. Possuímos equipamentos de alta tecnologia e profissionais extremamente capacitados que levam o atendimento até você.

Ficou interessado? Clique aqui e confira!

Posts em Destaque