Ozonioterapia

Ozônio otimiza resultados no tratamento de pacientes queimados

Postado em:
17/5/2019

O tratamento de uma queimadura pode determinar a gravidade das sequelas deste tipo de ferimento. Com pouco tempo hábil para decidir após um acidente deste tipo, as informações a respeito de alternativas precisam estar acessíveis às pessoas tanto quanto possam servir de opção confiável e eficiente para o tratamento.

Como em todo campo da medicina, a ozonioterapia usa da pesquisa científica para avaliar e melhorar seu desempenho. E no tratamento de queimaduras, os consistentes e embasados resultados mostram a eficiência do método para tratar queimaduras de 5 a 15 dias após a fase de choque.

E como funciona?

O paciente passa por um tratamento formulado exclusivamente para seu caso e a aplicação de ozônio acontece tanto por insuflação quanto por óleo ozonizado e auto-hemoterapia. O princípio da ozonioterapia é estimular o poder de regeneração do organismo, promovendo as condições para que este processo aconteça da forma mais eficiente possível. No caso do tratamento de queimaduras, a terapia como ozônio promove estímulo celular para maior poder de regeneração no tecido afetado.


As diversas formas de aplicação combinadas e prescritas individualmente vão promover as condições para que o organismo reúna os elementos necessários para esta melhoria de performance de sua restauração.

Por mais que o tratamento em si com ozônio seja o agente da recuperação do paciente, a etapa inicial do processo é que concentra o grande diferencial. O diagnóstico cuidadoso permite ao médico conhecer o potencial de oxidação e de antioxidação do organismo do paciente. Assim, pode dosar as aplicações e também saber de que ponto está partindo no equilíbrio fisiológico daquele paciente, levando ao resultado preciso e mais eficiente.

O tratamento pode incluir aplicação de ozônio em injeção intravenosa com velocidade de aspersão controlada, auto-hemoterapia e insuflação retal do gás ozônio. Essa combinação visa estabelecer um sistema integrado de atuação das funções oxidantes do ozônio tanto para a limpeza do organismo, quanto para a estimulação da regeneração dos tecidos.

O tratamento com ozônio não tem como objetivo dispensar o uso de medicamentos no caso de tratamento de feridas de queimaduras. O método trabalha muitas vezes em conjunto com outras soluções terapêuticas em função da melhor eficiência e resultados mais desejáveis para o paciente.

Agende agora mesmo sua consulta inicial gratuita e saiba como essa terapia pode transformar sua vida!

Clique aqui e acesse o site.

Posts em Destaque