Ozonioterapia

Dia Nacional de Controle da Asma

Postado em:
19/6/2020

De acordo com a pesquisa Nacional de Saúde do Ministério da Saúde, mais de 6,4 milhões de brasileiros possuem asma, isso somente entre os maiores de 18 anos, sendo diagnosticados mais de 2 milhões de novos casos ao ano.
A doença, muito comum, se dá devido ao estreitamento e inflamação nos brônquios, que são que os canais que levam ar aos pulmões, e esse estreitamento dificulta a respiração. Sem idade como um fator determinante, a asma pode atingir a qualquer um, mas costuma ser diagnosticada ainda na infância e é comum manifestar-se em pessoas de uma mesma família.

Sobretudo, é importante ficar de olho nos sintomas para um reconhecimento rápido da doença, antes que a mesma nos traga prejuízos maiores. Entre os sintomas mais frequentes estão:
Falta de ar
Tosse seca
Chiado
Opressão no peito

Gripes e resfriados costumam agravar os sintomas.

É importante, também, tomar cuidados e se prevenir do agravamento da doença com ações simples, como por exemplo: não fumar, saber identificar os sintomas iniciais de crises de asma evitando o agravamento, tomar cuidado com gripes e resfriados, fumaças, cheiros muito fortes e mudanças repentinas de temperatura. Exercícios físicos podem ajudar a manter o corpo mais saudável e longe das crises, entretanto, não passar do limite também é fundamental, visto que em casos de muito esforço físico, a asma e seus sintomas podem se agravar.

O ozônio medicinal, com sua capacidade analgésica e anti-inflamatória, ataca diretamente os processos inflamatórios que são desencadeados pela asma, além de também atuar na regeneração celular, auxiliando na recuperação das áreas afetadas de forma mais ágil.
A ozonioterapia pode ser utilizada como tratamento complementar para controlar a asma por ser segura, natural e com pouquíssimas contra-indicações. Além de auxiliar no combate à doença, o tratamento trás uma série de benefícios ao organismo. É importante ressaltar que, apesar de ser uma terapia eficaz no controle de doenças respiratórias e na melhoria da qualidade de vida em geral, nenhum tratamento indicado pelo seu médico deve ser interrompido, já que a ozonioterapia atua auxiliando em uma maior eficácia dos tratamentos convencionais e até mesmo pode ajudar a reduzir os efeitos colaterais das medicações usadas.


Posts em Destaque