Medicina Integrativa

Dia Mundial do Diabetes

Postado em:
14/11/2020

14 de novembro - O Dia Mundial do Diabetes é hoje, mas a prevenção deve ser feita todos os dias.

A Federação Internacional de Diabetes (IDF) junto com a Organização Mundial da Saúde (OMS) instituíram o Dia Mundial do Diabetes no dia 14 de novembro, com a intenção de fazer as pessoas refletirem sobre a doença, suas causas e efeitos que assolam a população.

Para se ter ideia, a Sociedade Brasileira de Diabetes estima que há mais de 13 milhões de pessoas convivendo com a doença, somente aqui no Brasil. Este número tende a aumentar, uma vez que uma das causas que mais aumentam os riscos de ter diabetes é o excesso de peso, oque também têm aumentado consideravelmente nos últimos anos aqui no País.

O que é a doença?

O diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não é capaz de empregar adequadamente a insulina que produz.

A insulina, por sua vez é um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue, e quando o corpo não fabrica insulina suficiente, o nível de glicose no sangue aumenta elevando o risco de ter danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

O diabetes possui tipos e você precisa saber quais são

É importante entender sobre a doença e desconsiderar a possibilidade de abertura a tantas especulações em sites da internet, principalmente no que diz respeito as causas.

O diabetes pode ser dividido em 2 grupos, onde o tipo 1 é aquele que o sistema imunológico ataca e destrói as células que produzem insulina, e o tipo 2, que é o mais comum, é aquele em que o corpo não produz insulina suficiente ou então, as próprias células do corpo não reagem à insulina produzida.

Como prevenir?

A prevenção fica por conta da alimentação em maior parte. Não é novidade para ninguém, mas o Guia Alimentar para a população brasileira sugere que na base da sua alimentação estejam os alimentos in natura, ou seja, aqueles que não são fabricados nem em indústrias, nem laboratórios.

É indicado ter um consumo menor de alimentos minimamente processados, como o arroz e o feijão, e limitar os alimentos processados como as geleias e o atum.

Por fim, deve-se evitar consumir produtos ultraprocessados como o sorvete e macarrão instantâneo.

Mas e o tratamento ortomolecular?

A terapia, resumidamente, se dá pelo estudo do funcionamento do organismo a nível celular e como objetivo estabelecer o equilíbrio bioquímico do organismo, eliminando, principalmente, o excesso dos radicais livres presentes no organismo. Desta forma, é possível auxiliar os pacientes diabéticos a manter a doença sob controle, ou ainda potencializar a saúde das células restaurando a saúde plena.

Lembrete: É indispensável que o paciente busque acompanhamento e orientação especializada, de modo a se sentir seguro. A longevidade é para todos!

Por Rodrigo Vasconcellos
Referências: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/54021-dia-mundial-do-diabetes

Posts em Destaque