Estética e Bem-Estar

Dia Mundial da Alergia

Postado em:
8/7/2020

Somente no Brasil, cerca de 30% da população possui algum tipo de alergia. Em primeiro lugar, a mais famosa e popular com certeza é a rinite que assola cerca de 25% da população brasileira, e em segundo lugar encontra-se a asma alérgica que está presente em 20% da população do país.

Por isso, este dia 8 de Julho, é o Dia Mundial da Alergia, onde campanhas conscientizam sobre os perigos das alergias, de todos os tipos e também sobre a necessidade de tratamentos que podem ajudar a evitar ou mesmo remediar as alergias dos pacientes.

Mas o que é uma alergia?

Alergia é toda reação exagerada da defesa do corpo contra agentes que, a princípio, não deveriam fazer mal ao organismo, como os ácaros, que estão presentes na poeira e muitas vezes atacam as alergias respiratórias como a rinite. Aliás, as alergias respiratórias são as mais frequentes e em segundo lugar encontram-se as alergias de contato, como urticárias ou alergias de alimentos.

E como podemos nos prevenir ou tratar as alergias?

Para fins de prevenção, é sempre importante cuidar da limpeza dos ambientes de convívio ou de moradia dos pacientes, ou seja, manter o local livre de poeira e ácaros, além de trocar capas de colchões, capas de travesseiros, cortinas, tapetes, cobertores e qualquer item que possa acumular poeira, ácaros e outros agentes que podem levar a uma crise de alergias.

Em alguns casos, para tratar alergias, é necessário tratamentos com anti-histamínicos e corticoides, que claro, prescritos por médicos, podem ajudar em crises agudas.

Na Ortomolecular, é muito comum o uso de antioxidantes para aliviar os sintomas da alergia e em seguida buscar e investigar as causas do processo alérgico, não focando apenas no agente agressor, mas o porquê de o agente causar o quadro patológico. E assim como todo tratamento ortomolecular, é feito o uso dos antioxidantes, de vitaminas, minerais, aminoácidos e enzimas que podem ser naturais ou sintéticas que são livres de efeitos colaterais e que podem ajudar de forma ainda mais eficaz o nosso organismo a atingir seu equilíbrio bioquímico, ou seja, além de auxiliar no controle das alergias, também é capaz de ter grande impacto na prevenção de novas crises.

É importante estar atento às alergias, pois em alguns casos, como no caso da anafilaxia (reação alérgica que afeta o corpo por completo, normalmente causado por alergia a medicamentos, látex, alimentos e venenos de insetos) que pode levar à morte do indivíduo quando ocorre o inchaço e a obstrução das vias aéreas superiores.

Fique atento aos sintomas e procure um médico para evitar crises e complicações:

- Se aparecerem lesões na pele, como placas vermelhas, inchaços que provoquem

comichão ou ardor;

- Vermelhões ou lesões que provocam comichão ou ardor;

- Inchaço ou tumefacção da pele, especialmente se afetar lábios ou pálpebras;

- Rinites, conjuntivites ou irritação na boca ou na garganta;

- Tosse contínua ou persistente, respiração sibilante, sensação de sufoco ou insuficiência respiratória;

- Queda abrupta da pressão arterial.

Posts em Destaque